- O -

Obras básicas – São as que compõem o pentateuco da codificação promovida por Allan Kardec dos ensinos dos Espíritos Superiores, denominada de Espiritismo ou Doutrina dos Espíritos: "O Livro dos Espíritos" (1857), "O Livro dos Médiuns" (1861), "O Evangelho Segundo o Espiritismo" (1864), "O Céu e o Inferno" (1865) e "A Gênese" (1868).

Obsedado – Aquele que está sofrendo obsessão. Ver: Obsessão, Obsidiado.

Obsedar [do francês obséder] Ato ou efeito de produzir obsessão. Ver: Obsessão, Obsidiar.

Obsessão [do latim obsessione] 1. Domínio que alguns Espíritos logram adquirir sobre certas pessoas. Nunca é praticada senão pelos Espíritos inferiores, que procuram dominar. Os bons Espíritos nenhum constrangimento inflingem. Aconselham, combatem a influência dos maus e, se não os ouvem, retiram-se. Os maus, ao contrário, se agarram àqueles de quem podem fazer suas presas. Se chegam a dominar algum, identificam-se com o Espírito deste e o conduzem como se fora verdadeira criança. 2. É classificada em obsessão simples, fascinação e subjugação. 3. Idéia fixa e perturbadora.

Obsesso [do latim obsessu] – Importunado, atormentado, perseguido. Sinônimo de Obsidiado. Ver também: Obsessão.

Obsessor [do latim obsessore] – Espírito inferior, agente eventual ou cármico da obsessão, encarnado ou desencarnado que, em ação irrefletida ou premeditada, domina, persegue, assedia ou importuna, em virtude da sintonia moral estabelecida. Sinônimo de Obsidiante. Ver também: Obsessão.

Obsidiado – Paciente da obsessão, aquele que sofre a influência perniciosa de um Espírito encarnado ou desencarnado. Sinônimo de Obsesso. Ver também: Obsessão.

Obsidiante – Aquele que atormenta, persegue, importuna. Sinônimo de Obsessor. Ver: Obsessão.

Obsidiar [do latim obsidiare] – Ato ou efeito de importunar, incomodar, perturbar, molestar. Sinônimo de Obsedar. Ver: Obsessão.

Olvidar [do latim vulgar oblitare] - 1. Perder a memória, não se lembrar. 2. Esquecer.

Opinião [do latim opinione] - 1. Modo de ver, de pensar, de deliberar. 2. Parecer, conceito. 3. Atribuição do caráter de verdade ou falsidade a uma asserção sem que tal atribuição se faça acompanhar de certeza.

Oráculo [do latim oraculu] – Segundo as crenças pagãs, respostas dos deuses, através da boca das pitonisas, às questões que lhes eram dirigidas. Por extensão, também pode designar a pessoa que pronunciava a resposta, assim como os diversos meios empregados para conhecer o futuro. A crença nos oráculos teve sua origem nas comunicações dos espíritos que o charlatanismo, a cupidez e o amor do domínio cercaram de prestígio, e que hoje vemos em toda a sua simplicidade.

Orgulho [do espanhol orgullo]- Conceito elevado ou exagerado de si próprio; amor-próprio demasiado; soberba.

Ortodoxo [do latim orthodoxu]- 1. O que está conforme a doutrina religiosa tida como verdadeira. 2. Conforme com os princípios tradicionais de qualquer doutrina.

Ósculo [do latim osculu] – Beijo; beijo de paz e amizade.

Ovóides - estágio de degradação a que chegam certos espíritos sofredores-obsessores.O espírito, ligado ao obsediado, de maneira intrínseca no seu afã de prejudicar, adquire uma forma ovóide, assemelhando-se á um ovo de consistência indefinida que se "cola" no corpo de seu alvo distorcendo-lhe pensamentos, opiniões e agindo incessantemente para lhe proporcionar toda sorte de infortúnios.A ligação de um obsessor-obsediado no nível de ovóide, apesar de não muito freqüente, acontece mais do que se imagina.Ela ocorre quando há uma ligação cármica de dois espíritos em um nível avançadíssimo.Sob vidência, um indivíduo sofrendo a ação de um ovóide aparece com uma "massa" humana colada ao corpo, geralmente nas costas ou na região do abdôme.Um ovóide, além da obsessão psicológica propiamente dita, age, drenando as forças do obsidiado a nível de levá-lo á morte. No trabalho de desobsessão se faz possível subtrair um ovóide de uma pessoa, apesar da grande dificuldade e das inúmeras sessões a serem realizadas, mas há casos de fracasso ao término de anos de sessões.O que mostra o nível de ligação entre perseguidor e perseguido.
(Leitura básica: "Evolução em dois mundos" psicografado pelos médiuns Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira e ditado pelo espírito André Luiz)(ver Vampirismo)