O Magnetismo e os Fluidos

10º Encontro Espírita Sobre Medicina Espiritual

Palestra Virtual
Promovida pelo Canal #Espiritismo
http://www.irc-espiritismo.org.br
e pelo Centro Espírita Léon Denis
http://www.celd.org.br

Palestrante: Paulo Nagae
Rio de Janeiro
24/10/1999

Organizadores da palestra:

Moderador: "Ioio" (nick: ||Moderador||)

"Médium digitador": “Soutinho” (nick: Paulo_Nagae)

Oração Inicial:

<||Moderador||> Senhor Jesus, bom e amado Mestre, estamos aqui em mais uma linda manhã de domingo para o estudo do 10º Encontro Espírita sobre Medicina Espiritual. Te rogamos Mestre, o amparo, a apoio para nosso querido irmão Paulo Nagae que fará a palestra nesta manhã de hoje. E assim, que os mentores espirituais do Celd, que Ignacio Bittencourt, patrono do encontro, possa nos amparar no estudo agora e sempre. Graças a Deus. (t)

Considerações Iniciais do Palestrante:

<Paulo_Nagae> A primeira questão que colocamos é a seguinte: Qual a necessidade de estudarmos magnetismo e fluidos? Segundo os amigos espirituais em “O Livro dos Espíritos”, em resposta à pergunta 388, onde Kardec colocava: "Os encontros, que costumam dar-se, de algumas pessoas e que comumente se atribuem ao acaso, não serão um efeito de uma certa relação de simpatia?" A resposta: "Entre os seres pensantes, há ligação que ainda não conheceis. O magnetismo é o piloto dessa ciência, que mais tarde compreendeis melhor." Observamos que eles nos indicam o magnetismo como uma fonte de conhecimentos que nos explicariam estes fenômenos. Vamos agora, em "A Gênese", cap. 14, "Elementos Fluídicos" : "Mas, entre tais fluidos, há os tão intimamente ligados à vida corporal, que, de certa forma, pertencem ao meio terreno. Em falta de observação direta, seus efeitos podem observar-se, como se observam os do fluido do ímã, fluido que jamais se viu, podendo-se adquirir sobre a natureza deles, conhecimentos de alguma precisão. É essencial esse estudo, porque está nele a chave de uma imensidade de fenômenos que não se consegue explicar unicamente com as leis da matéria." Vemos assim que através do entendimento da ação do fluido do ímã (fluido magnético) é que podemos entender a ação dos fluidos em geral.(t)

Perguntas/Respostas:

<||Moderador||> [1] <[Sonia]> É possível que nossas imperfeições possam ser passadas para nossos irmãos, na hora do passe de cura? Se assim for qual o trabalho da espiritualidade?

<Paulo_Nagae> O fluido que transmitimos na hora do passe é um somatório das nossas energias físicas, resultado da nossa alimentação e dos hábitos que interferem fisicamente no nosso organismo, mais os fluidos sutis que realmente são qualificados conforme o nosso comportamento moral, e mais o fluido doado pelos espíritos desencarnados. Vemos, assim, que a nossa imperfeição vai contribuir com uma má qualificação a este fluido doado. Quanto ao fato dele ser ou não transmitido ao receptor, vai depender de alguns aspectos como : condições do ambiente em que o trabalho está sendo realizado, merecimento do receptor, etc. (t)

<||Moderador||> [2] <Buzza> Pelo que eu pude ver, debatendo sobre, o magnetismo dentro do espiritismo, todos os magnetizadores ,mesmo sem saber, recebem ajuda da espiritualidade, mas os espíritas se opõe ao magnetismo dizendo que não tem nada a ver com a doutrina, que mesmo Allan Kardec era contra isto, apesar de ter estudado o magnetismo antes de codificar as obras básicas?

<Paulo_Nagae> O magnetismo é utilizado na Doutrina Espírita, como você mesmo disse. Kardec utilizou-se dos seus conhecimentos sobre o magnetismo, na codificação. Não conheço esta oposição dos espíritas ao magnetismo. E quanto à sua primeira afirmativa, ela é real, pois todo aquele que se propõe a ajudar ao seu semelhante sempre terá a ajuda de um espírito neste trabalho, independente de evocar ou não, e até mesmo de acreditar ou não na existência do plano Espiritual. (t)

<||Moderador||> [3] <Buzza> Colocando-se os fluidos e o magnetismo em forma de passes e tratamento fluídico, qual a maneira certa do passista ou do médium aplicá-lo?

<Paulo_Nagae> Se você se refere à parte técnica de movimentos, ela é muito variável, embora se tenha um procedimento básico, que teria as seguintes etapas:

1) Movimentos longitudinais (de cima para baixo), com o objetivo de dispersar os fluidos existentes em torno do indivíduo, comumente chamamos de "limpeza";

2) Doação de fluido, concentrando-se nos centros de força, com o objetivo de equilibrar o indivíduo, comumente chamamos de "passe de apoio";

3) Movimentos longitudinais vagarosos, com o objetivo de acomodar os fluidos doados, comumente chamados de "passes de harmonização".

Quanto ao preparo do médium para ser um bom trabalhador da cura, podemos, em geral, colocar os seguintes requisitos :

1) Grande sentimento de Amor ao próximo, que é o agente propulsor dos fluidos;

2) Fazer o possível para caminhar segundo as orientações de Jesus, expressas nos seus atos e para nós espíritas em “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, e nos Evangelhos Bíblicos, de um modo geral. É o condicionamento moral que o indivíduo vai adquirindo com o tempo, que vai dar as qualidades positivas aos fluidos que ele irá transmitir;

3) Prece constante para garantir sintonia com os espíritos desencarnados envolvidos no trabalho de passe de cura. Estes espíritos é que irão potencializar os nossos fluidos, suprindo as deficiências que ainda temos, devido ao nosso estágio de evolução moral. De um modo geral, estes seriam os aspectos mais importantes;

4) O estudo dos mecanismos envolvidos no fenômeno de passes seria um fator que aumentaria gradativamente a nossa maior participação neste fenômeno.(t)

<||Moderador||> [4] <[Sonia]> Sabemos que não existe distância para o envio dos nossos fluidos. Ele é direcionado com a força da nossa vontade. Mas quanto ao recebimento deste, o que você pode nos informar? Existe condições por parte do receptor ? O passe a distância tem o mesmo efeito do que passe dado diretamente ao necessitado?

<Paulo_Nagae> No passe a distância, o receptor, além de ter que se preparar da mesma maneira que se prepara para um passe de corpo presente, ele terá que ter uma concentração muito mais apurada, para facilitar a efetividade desta ação. Quanto ao seu efeito, estará debaixo das mesmas condições de qualquer passe, ou seja, merecimento do receptor, equilíbrio do ambiente, etc.(t)

<||Moderador||> [5] <lflavio> Algumas pessoas insistem em que se de um passe em doente, mesmo que este não queira. O magnetismo tem efeito positivo neste caso?

<Paulo_Nagae> O seu efeito será proporcional à condição receptiva do paciente, ou seja, quanto maior sintonia do receptor com o doador, maior o seu efeito. Sempre levando em considerações as condições que citamos anteriormente. (t)

<||Moderador||> [6] <Seareiro> Há pessoas que se aproximam de outra e aí se percebe que esta última começa a abrir a boca! O que isto significa? Será que se trata da influência de algum fluido magnético?

<Paulo_Nagae> Primeira opção: A pessoa pode, simplesmente, estar com sono. Segunda opção: Pode ser, realmente, influência espiritual. Não tenho como afirmar o que seja, mas considere, primeiro, o sono.(t)

<||Moderador||> [7] <Buzza> Podemos separar, em um Centro Espírita, o magnetizador do médium curador? Ou teremos neste magnetizador um médium também?

<Paulo_Nagae> Na Casa Espírita, quem chega magnetizador fatalmente passa a se identificar como médium, pois começa a entender de uma maneira mais clara a sua participação, e a participação do plano espiritual, no fenômeno de passe. Para maiores detalhes, consultar "O Livro dos Médiuns", cap. 14, item 176.(t)

<||Moderador||> Duas perguntas correlatas: [8] <CELD> Poderia nos dar uma explicação mais detalhada do que são os fluidos? // [9] [Lara]> o que é transmissão de força fluídica?

<Paulo_Nagae> Fluido é a matéria num estado mais sutil. Segundo André Luiz, em "Evolução em Dois Mundos", cap 13 - "Alma e Fluidos", temos a seguinte definição : "Corpo, cujas moléculas cedem, invariavelmente, à mínima pressão, movendo-se entre si, quando retidas por um agente de contenção, ou separando-se, quando entregues a si mesmas. O pensamento é a força que nós, espíritos, utilizamos para modificar este tipo de matéria, qualificando-a e impulsionando-a numa direção marcada. O que nós transmitimos não é a força fluídica, é esta matéria sutil a que nos referimos, modificada e direcionada em benefício de outrem.(t)

<||Moderador||> [10] <Buzza_Away> o q você pode nos falar sobre a validade do passe de sopro?

<Paulo_Nagae> O passe de sopro requer condições específicas, físicas e morais, do médium que o está aplicando. Se ele atender a estas condições e ele for adequado ao caso, o passe será válido e eficaz. (t)

<||Moderador||> [11] <CELD> O médium de efeitos físicos pode ser redirecionado para o trabalho de cura?

<Paulo_Nagae> Este é o procedimento normal, pelo menos na nossa Casa.(t)

<||Moderador||> [12] <[Lara]> Uma pessoa obsediada pode ser tratada apenas através de passes? E quando uma pessoa está passando por vários tipos de obsessão pode ser tratada através de técnicas e terapias espirituais ou soó através de passes?

<Paulo_Nagae> Também por passes, que poderá afastar, magneticamente, o obsessor. Porém, o maior objetivo é trabalhar, nesta ordem, na modificação do obsidiado e do obsessor, pois só assim o afastamento será espontâneo, e com menor possibilidade de retorno. Esta ordem seria a ideal, porém, na maioria das vezes, tentamos doutrinar o obsessor sem que o obsidiado tenha modificado a sua conduta. Isto é possível devido a misericórdia da lei de Deus e ao grande trabalho dos espíritos desencarnados encarregados dessas atividades.(t)

<||Moderador||> [13] <[Sonia]> Esse merecimento do receptor a que você se referiu anteriormente, está diretamente ligado ao compromisso reencarnatório? Ou nas ações da reencarnação presente?

<Paulo_Nagae> Está ligado ao fato da cura ser útil ou não para os seus objetivos nesta encarnação.(t)

<||Moderador||> [14] <[Lara]> O que é um magnetizador? Qual a diferença entre um magnetizador e um médium?

<Paulo_Nagae> Teoricamente, o magnetizador doa o seu fluido magnético animal, e o médium é um intermediário de um espírito desencarnado, que potencializa o seu fluido. Mas, no fundo, é a consciência que o magnetizador tem da presença do plano espiritual, que como vimos, está sempre presente, ou seja, o magnetizador é médium sem o saber, quando se propõe a curar. (t)

<||Moderador||> [15] <Stone> Existe a possibilidade do médium se influenciar pelos densos fluidos de um irmão desencarnado ao lado do paciente?

<Paulo_Nagae> Qualquer influência exterior, seja de espírito encarnado ou desencarnado, pode ser evitada, desde que esta influência não encontre receptividade no indivíduo. Para evitá-las, o médium deve tentar se manter o mais equilibrado possível e sintonizado com o plano espiritual superior. (t)

Considerações Finais do Palestrante:

<Paulo_Nagae> Pelo que pudemos observar, fica claro que o assunto é vasto e requer estudo constante para que possamos dominá-lo e fazer uso desses conhecimentos de uma maneira mais efetiva. Só nos resta estudar continuamente a doutrina espírita para que cada vez mais sejamos instrumentos maleáveis e úteis para que os amigos espirituais possam executar mais facilmente esse grandioso trabalho de cura. Lembramos ainda que a nossa participação será maior a medida que nos tornemos espíritos mais experientes nos assuntos referentes à cura. Que Jesus, o médico das almas, possa nos ajudar a executar de uma forma cada vez melhor o nosso papel. (t)

Oração Final:

<Safiri-SP> Senhor meu Deus, agradecemos a mais esta oportunidade de aprendemos. Que nossos corações possam estar sempre iluminados e prontos a transferir tudo o temos aprendido a nossos irmãos que hoje, por algum motivo, não puderam estar. Deixe-nos sempre abraçar a luz do ensinamento seguindo sempre os passos que nos fora ensinado ha 2000 anos. Que assim seja!