Paciência

Sérgio Machado

Esta palestra foi realizada no Centro Espírita Amor e Caridade Jacob no dia 16 de julho de 1998.

Introdução

Até o início, ou quase, da exposição que eu havia de fazer, pensava qual seria a introdução que deveria levar para as pessoas sobre este tema que a todos 'fere'. Tendo chegado um pouco antes do horário previsto para início, tomei do evangelho e não pude deixar de fazê-la, a introdução, com a parte que é citada sobre tal tema:
A dor é uma benção que Deus envia a seus eleitos; não vos aflijais, pois, quando sofrerdes; antes, bendizei de Deus onipotente que, pela dor, neste mundo, vos marcou para a glória no céu.
Sede pacientes. A paciência também é uma caridade e deveis praticar a lei de caridade ensinada pelo Cristo, enviado de Deus. A caridade que consiste na esmola dada aos pobres é a mais fácil de todas. Outra há, porém, muito mais penosa e, conseguintemente, muito mais meritória: a de perdoarmos aos que Deus colocou em nosso caminho para serem instrumentos do nosso sofrer e para nos porem à prova a paciência.
A vida é difícil, bem o sei. Compõe-se de mil nadas, que são outras tantas picadas de alfinetes, mas que acabam por ferir. Se, porém, atentarmos nos deveres que nos são impostos, nas consolações e compensações que, por outro lado, recebemos, havemos de reconhecer que são as bênçãos muito mais numeroas do que as dores. O fardo parece menos pesado, quando se olha para o alto do que quando se curva para a terra a fronte.
Coragem, amigos! Tendes no Cristo o vosso modelo. Mais sofreu ele do que qualquer de vós e nada tinha de que se penitenciar, ao passo que vós tendes de expiar o vosso passado e de vos fortalecer para o futuro. Sede, pois, pacientes, sede cristãos. Essa palavra resume tudo. - Um Espírito amigo. (Havre, 1862.) - O Evangelho Segundo o Espiritismo Cap IX, 7

Desenrolar

Algumas citações retiradas de algumas fontes...

Crianças: Eu me chamo A. e tenho 14 anos. Moro em Belo Horizonte. Meu aniversário é dia 13 de fevereiro. Meu irmão tem 17 anos e vive torrando a minha paciência. Minha mãe chama Regina e meu pai Cyro. Tenho 2 poodles que são as...

Orações:
1- Pai querido, obrigado por Teu amor, pela misericórdia e paciência com que estendes Teus braços em direção aos Teus filhos. Abra os Teus ouvidos para o clamor...
2- Meu Pai, por compreender minha profunda dor, muito obrigado. Obrigado por me ajudar a atravessar meus períodos de aflição. Dá-me paciência para esperar o desdobramento do Seu propósito...

Dia a dia (este os paulistanos conheçem muito bem. Foi retirado de uma manchete de jornal): "Reféns" da marginal apelam para orelhão e paciência
Compromissos perdidos, atraso, fome e sede. Os motoristas enfrentam com paciência o congestionamento que durou o dia todo e entrou pela noite na Marginal do Tietê, sentido Penha-Lapa...

Casal: "Casal que trabalha junto tem duplo desafio" Lavar a "roupa suja" de casa no escritório ou vice-versa pode ser o caminho mais rápido para se destruir um relacionamento pessoal e profissional. Dividir o leito e conciliar uma jornada de trabalho ao lado do companheiro exige uma grande dose de habilidade, respeito... e paciência!

Bom, estas histórias são do conhecimento da maioria das pessoas, não é mesmo?! Para que as colocamos? Para evidenciarmos algo que todos nós já sabemos : temos a oportunidade de praticar a paciência em todos os dias de nossas vidas. Mas o difícil é lembrarmos de sermos pacientes quando alguém "pisa no nosso calo", não é mesmo?
Alguns espíritas têm o conhecimento de um amigo nosso que teve que testar a sua paciência por nada mais nada menos que dez anos para, somente após estes, saber quem se comunicava com ele do plano espiritual. Durante dez anos, creio que aproximadamente, Divaldo Franco recebeu comunicações, psicografou livros de alguém que não sabia o nome. Ela, Joana d'Angelis, no início, não ousou se pronunciar com um nome, o dela, pois Divaldo tinha que passar por alguns testes, se assim podemos dizer.
Algumas pessoas têm a necessidade de saber o porquê de estarem aqui e, ao invés de 'trabalharem', ficam retidas no tempo, querendo saber de todas as formas este porquê, como se tudo fosse resolvido estando de frente a uma bola de cristal e que todas as coisas, ou dificuldades, fossem deixar de existir num passe de mágica...A ansiedade que nos afeta é algo que atrapalha o nosso minúsculo dia de vinte quatro horas. O passado fez o presente e ele já está feito, agora o futuro será feito do presente, portanto, trabalhemos o agora, pacientes de que o amanhã será melhor se o cultivarmos agora, no presente.
O exemplo da semente, o qual retirei de um livro, é muito válido no que diz respeito à paciência. Quando plantamos, ou semeamos, qualquer fruto ou planta num dia, no dia seguinte a mesma está florida e com frutos?... Vimos na oração, que é muito válida, que costumamos pedir para que Deus nos dê paciência, mas será que a paciência vêm de fora? Será que a paciência vêm como num passe de mágica? No dia de vinte e quatro horas, se tivermos dez oportunidades de exercitar a paciência e conseguirmos em somente uma delas praticar de fato esta, a paciência, talvez no decorrer de alguns anos consigamos praticar duas em dez, sabe-se lá?!

"Mas como posso ter paciência? Será que neste texto que aqui é apresentado terá uma fórmula mágica para que eu tenha paciência?"
Penso que isto é meio difícil, a tal da fórmula mágica, mas aqui vão algumas partes do livro entitulado CALMA:

Conclusão

Todos nós estamos aqui com os nossos defeitos para trabalhá-los até que eles não mais existam, portanto, todos nós os temos, os defeitos. Para isto, precisamos ter paciência com os defeitos alheios sabendo que nós próprios temos os nossos.


Informações para o visitante

Se você achou que poderia citar algo que seria interessante inserir neste tema, por favor, cite esta palestra através do programa de correio que você utiliza, pois a mesma poderá ser refeita no futuro e com a sua citação. Penso que as pessoas podem colher algum material deste trabalho para ajudá-los na confecção de suas próprias palestras nas casas onde as ministram.
Às quintas-feiras nós fazemos esta palestra na casa espírita para efeito de doutrinamento e para harmonizar o ambiente e portanto temos este dia como o dia de palestras. Mas aqui fica outro convite: às segundas-feiras temos outro tipo de reunião que está mais para uma aula do que palestra, pois existe uma pessoa que conduz o tema da noite e outras que podem (e até penso que devem) emitir seus modos de pensar com relação a este.

"Amar ao próximo como a ti mesmo"


sergio@phonet.com.br