Traição afetiva

21/03/2003 - Eu gostaria de saber porque nós homens somos tão alvejados no rumo a traição afetiva.

Pelo teor da sua pergunta, caro amigo, parece-nos que você está passando por uma desilusão amorosa. Não sabemos a sua idade, nem as suas condições civis, se casado, se solteiro. Contudo, a traição dói de todas as maneiras, quando é real. Entretanto, a traição está muitas vezes apenas no pensamento da pessoa que se supõe traída. O adultério é algo muito antigo.

As brigas entre namorados também, mas isso não significa que os homens (seres masculinos), sejam as vítimas. Os homens talvez sejam mais traidores que as mulheres, pois sempre tiveram mais liberdade para isto. Entretanto, caro amigo, a traição acontece quando a união não é satisfatória, quando uma das partes é lesada afetivamente, moralmente, quando a união não foi motivada pelo amor, mas por outros interesses.

Seja no relacionamento de namoro, noivado ou na vida de marido e mulher, o verdadeiro amor sabe ser paciente, porque cada um está interessado em oferecer ao outro o melhor de si mesmo.

As pessoas que se amam andam pelos caminhos da vida, lado a lado, de mãos dadas e de quando em quando param e se olham de frente um para o outro, bem dentro dos olhos. As pessoas que se amam verdadeiramente se falam pelos gestos, pelo olhar, pelo carinho.

Examine bem a situação e verifique se você não está equivocado. Se você ama alguém e este alguém te ama, entendam-se, e unam-se no amor. O verdadeiro amor não trai. Se trai, não é amor.